Engenharia Ferroviária e Metroviária
  • I Congresso Nacional de Engenharia Ferroviária – CONEFER

    Publicado em 21/10/2020 às 14:41

    O I Congresso Nacional de Engenharia Ferroviária – CONEFER será realizado entre os dias 27 e 29 de outubro de 2020, totalmente on-line, por meio de uma organização conjunta entre a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) com as instituições brasileiras que formam engenheiros ferroviários em cursos de graduação: a Universidade Federal do Pará (UFPA) e o Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais (IF Sudeste MG).

    Com o objetivo de divulgar as inovações tecnológicas, as oportunidades e as perspectivas para um dos segmentos mais promissores e estratégicos para o desenvolvimento, o CONEFER se adapta a um 2020 que impõe mudanças nas formas de compartilhamento e construção do conhecimento. Ao mesmo tempo em que as restrições causadas pela pandemia da Covid-19 inviabilizaram um evento presencial, elas também motivaram alunos e professores da UFSC, UFPA e IF Sudeste MG à organização de um evento que integrasse plenamente o trabalho realizado pelos três cursos de graduação.

    A programação do I CONEFER conta com representantes de diversas empresas, organizações e instituições de ensino. O professor britânico Clive Roberts, diretor do Birmingham Centre for Railway Research and Education, o engenheiro japonês Soichiro Manabe, da West Japan Railway Company JRW, e o pesquisador brasileiro Marcelo Blumenfeld, da Universidade de Birmingham, oferecerão aos participantes do evento suas perspectivas sobre o setor ferroviário a partir de experiências em outros países.

    Também participarão do congresso como palestrantes: o vice-presidente executivo da ANPTrilhos, João Gouveia Ferrão, o diretor-geral da Wabtec, Daniel Fucci Lemos, os professores Auteliano dos Santos (Universidade de Campinas) e Roberto Martins (Universidade de São Paulo), o analista de operações Marco Aurélio Castro (Vale), a gerente de desenvolvimento e treinamento Simone Souza (MRS Logística) e o coordenador de manutenção Amadeu Boza (Rumo).

    As inscrições já estão abertas e podem ser feitas no site: https://conefer.wixsite.com/2020


  • Edital Rumo de aceleração

    Publicado em 13/05/2020 às 11:09

    A RUMO, maior operadora logística com base ferroviária independente da América Latina, lança edital com objetivo de resolução de dois problemas: Abalroamento e Atropelamento.
    Se você é um inovador, se gosta de pensar diferente e resolver problemas, inscreva sua ideia no portal.
    As inscrições são gratuitas e vão de 07/05 a 20/06/2020.
    Conheça o regulamento: www.projetofuse.com
    Este edital tem o apoio para divulgação da IUT-CT.


  • Vale Global Trainee: trabalhe em uma das maiores mineradoras do mundo!

    Publicado em 01/10/2019 às 14:08

    O programa Vale Global Trainee é uma porta de entrada para quem quer trabalhar em uma das maiores mineradoras do mundo. Para a empresa, é também a oportunidade de se desenvolver com novos talentos que irão ocupar posições estratégicas e apoiar a transformação cultural da empresa. Onde terão desenvolvimento de carreiras, habilidade técnicas e comportamentos chaves para lideranças.

    Os trainees irão atuar em áreas da cadeia produtiva e áreas funcionais. Além disso, serão desafiados diariamente, durante 12 meses, em projetos de grande relevância para a organização. Como parte do programa, os jovens terão uma compreensão profunda do negócio, proporcionada por meio de job rotations, viagens pelas diferentes operações da Vale e participação em projetos globais.

    • Inscrição: 09/09/2019 a 1/10/2019
    • Duração do programa: 12 meses
    • Requisitos:
      • Graduação entre julho de 2016 e dezembro de 2019;
      • Inglês avançado;
      • Disponibilidade para viajar e mudar de cidade ou país;
      • Mentalidade digital;
      • Espírito de equipe;
      • Habilidade de comunicação;
      • Alinhamento com os valores da Vale.
    • Mais informações em: informações sobre Vale Global Trainee

     

     


  • III Seminário de Infraestrutura de transporte ferroviário

    Publicado em 27/08/2019 às 13:10

    A Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (FIESP) e a Associação dos Engenheiros e Arquitetos de Metrô (AEAMESP) organizam o III Seminário de Infraestrutura de transporte ferroviário.

    No terceiro ano de parceria com a AEAMESP, no âmbito da Semana de Tecnologia Metroferroviária, a FIESP realizará dois painéis voltados para a discussão do potencial de crescimento do setor ferroviário no país. Serão discutidas a prorrogação das concessões atuais e a implantação de medidas de reequilíbrio da matriz de transporte de carga brasileira; bem como os projetos ferroviários para o Estado de São Paulo e suas propostas para a indução do crescimento econômico.

    O evento deste ano contará com a participação de especialistas dos setores público e privado. Não perca essa oportunidade de discutir os principais projetos de ferrovias para o transporte de passageiros e de carga.


  • 3ro Simpósio de Engenharia Ferroviaria

    Publicado em 07/07/2019 às 18:34

    O Simpósio de Engenharia Ferroviária nasceu como uma iniciativa de pesquisadores de diversas universidades envolvidos em projetos sobre tecnologia ferroviária. Inicialmente, a UNICAMP, o IFSP e a UFES propuseram que o evento fosse realizado. Desde o início, a proposta foi que o evento tivesse caráter eminentemente técnico, sendo pensado como um fórum para divulgar resultados de pesquisas, mas também para reunir em um único ambiente representantes da academia, de concessionários de ferrovias e de fabricantes de material ferroviário.


  • China revela novo trem de alta velocidade capaz de atingir 600 km/h.

    Publicado em 04/06/2019 às 21:12

    Imagem: protótipo do trem.

    A fabricante estatal de trens da China, a  China Railway Rolling Stock Corporation (CRRC) revelou na quarta-feira (28/05/19), em Pequim, seu primeiro protótipo de um novo trem capaz de reduzir drásticamente o tempo de viagem entre Xangai e Pequim.
    O protótipo de trem é feita por levitação magnética, evitando o atrito entre a trilha-roda, capaz de atingir a velocidade de 600 km/h visando  diminuir o tráfego aéreo entre capital chinesa e Xangai.

    O trem foi feito pela subsidiária da CRRC, a Qingdao Sifang. Ding Sansan, chefe da equipe de pesquisa e desenvolvimento de levitação magnética e vice-engenheiro-chefe da empresa, disse ao China Daily, que o trem deve entrar em operação em 2021.

    Ding observou que o objetivo desta nova linha é substituir as viagens aéreas entre as duas metrópoles, Xangai e Pequim. A viagem de avião, no total, leva cerca de 4,5 horas entre as cidades, já uma viagem na atual linha de trens de alta velocidade leva cerca de 5,5 horas. Segundo o vice-engenheiro chefe da CRRC, a expectativa é que a nova linha de levitação magnética leve apenas cerca de 3,5 horas no trajeto.

    O intenso tráfego aéreo de Pequim é uma preocupação dos governantes chineses, que já estão construindo um segundo aeroporto internacional na região de Daxing.

    Veja o vídeo a seguir mostrando mais detalhes do trem:


  • Alfa – X: Novo trem de alta velocidade em fase de teste.

    Publicado em 02/06/2019 às 16:31

    A companhia ferroviária japonesa JR East, iniciou o teste do seu novo trem de alta velocidade (TAV), o Alfa-X, em 10 de maio de 2019. Atingindo com uma velocidade máxima de 400km/h, considerada até então o trem-bala mais rápido do mundo, com uma previsão de lançamento para o uso comercial em 2030 no Japão. Nas operações de dia a dia, o veículo deve transportar os passageiros a 360 km/h.

    No visual, o Alfa-X chama atenção por trazer um “nariz” bastante alongado. Essa é uma das características aerodinâmicas que permitem que o trem-bala alcance velocidades elevadas e, ao mesmo tempo, lide com a resistência do vento, evitando o máximo possível de turbulência, principalmente ao entrar nos túneis.

    Imagem 1: Alfa-X em fase de teste.

     

    Imagem 2: Parte interna do Alfa-x.

    De todo modo, esse design poderá ser mudado: a frente atual tem 22 metros, mas uma variação com 16 metros de comprimento também deverá ser testada. A ideia é avaliar qual opção combina maior ganho aerodinâmico com o menor nível possível de ruído.

    Os testes serão conduzidos à noite, durante os próximos três anos, entre as cidades de Aomori e Sendai, de acordo com a Bloomberg.

    Imagem 3: Distância entre estação de Aomori e Sendai. (Fonte: Google Maps)

    O Alfa-X terá freios a ar no teto e também usará placas magnéticas próximas aos trilhos para desacelerar, além de freios convencionais. O trem terá ainda amortecedores e suspensão a ar para manter a estabilidade nas curvas. O nome Alfa-X é uma abreviação para “Advanced Labs for Frontline Activity in rail eXperimentation (Laboratórios Avançados de Vanguarda em Experimentação nos Trilhos).

    Veja a seguir, alguns dos vídeos sobre Alfa-X dispiníveis na plataforma YouTube:


  • Vale – Programa de Estágio 2019 – 2º semestre

    Publicado em 18/05/2019 às 23:19

    A Vale disponibiliza 500 vagas de estágios distribuídas em 7 estados (RJ, MG, ES, MA, DF, PA e BA) e nas suas diversas áreas de atuação: Corporativo, Mina, Usina, Porto e Ferrovia.

    Inscrições vão de 13 de maio até 31 de maio. Há vagas no nível técnico e superior, e o valor da bolsa chega a R$ 1.375,15.

    Link para mais informações: http://www.vale.com/hotsite/PT/Paginas/estagio/programa-de-estagio.aspx

    • Para nível técnico: é necessário estar matriculado na instituição de ensino, estar formado na parte teórica ou não ter cumprido ainda a carga horária obrigatória de estágio. Duração máx. de 1 ano (Previsão de formatura: o(a) candidato(a) deverá manter vínculo com a instituição de ensino até no mínimo ago/2020 e no máximo ago/2021).
    OBS: A escola técnica SENAI não disponibiliza atestado de vínculo após o término do cumprimento do currículo regular, portanto, o candidato que estuda nessa escola deverá se formar até ago/2021.
    • Para nível superior: é necessário apresentar a declaração da instituição de ensino autorizando a realização de estágio. Duração máx. de 2 anos. (Previsão de formatura: de ago/2020 a ago/2021).
    Após a inscrição pela internet, os candidatos realizam prova online e, nos meses de junho e julho, participam de entrevistas e painéis. A contratação está prevista para agosto e setembro e o objetivo é que os estagiários vivenciem o dia-a-dia da profissão participando ativamente  da rotina, dos processos e dos projetos  da empresa.

    Fonte: https://www.99jobs.com/vale/jobs/42957-2-ciclo-programa-de-estagio-vale-2019?preview=true


  • 3 Vagas para bolsista – Pequisa na área de acústica ferroviária

    Publicado em 03/08/2018 às 21:41


  • Semana Internacional de Engenharia Ferroviária e Metroviária & Engenharia de Transportes e Logística

    Publicado em 27/07/2017 às 21:58